Pedagogia da FAC-FEA se destaca em nota do Enade

Curta! Compartilhe!

O curso de pedagogia FAC-FEA (Faculdade da Fundação Educacional Araçatuba) está no grupo de excelência entre as instituições de Ensino do país é o único presencial da região a se destacar no Enade (Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes), obtendo nota 4 em uma escala de 1 a 5.

Para a direção da instituição, isso é reflexo do trabalho sério do corpo docente, da missão da instituição e o comprometimento dos alunos. A instituição também está sempre buscando parcerias e convênios, para todos os cursos, visando a viabilidade de estágios e a vivência na prática para seus alunos.

O coordenador do curso de pedagogia, professor Luís Henrique Zago, explica que os anos de 2020 e 2021 foram especialmente traumáticos para a instituição. A FAC-FEA possui estrutura, organização e tradição em atividades presenciais, mas pouca experiência em ensino remoto. Ainda assim, enfrentou o desafio de manter a qualidade do curso de Pedagogia transferindo nossa prática e Know How para o ensino remoto mediado por tecnologias digitais de comunicação.

Apesar de todo o desgaste desta transição forçada pela pandemia, ele disse que ficou comprovado que a qualidade do curso não depende de locais, mas do esforço e competência acadêmica dos docentes, empenho dos alunos e motivação para o desenvolvimento orientado por uma relação de aprendizagem dialógica, colaborativa e integradora.

“Ainda que a Pandemia tenha colocado limites, somos nota 4 no ENADE em uma escala que varia entre 1 e 5. Ter uma nota alta beneficia tanto a instituição de ensino quanto o aluno, pois o resultado é um qualificador do curso que o mercado considera e valoriza”, explicou.

Para Zago, diferente de muitas instituições de ensino, a nota ENADE obtida pelo curso de pedagogia da FAC-FEA demonstrou a versatilidade da instituição para se adaptar, inovar e manter a qualidade do ensino.

“Nosso 4 é consequência do desenvolvimento de um trabalho colaborativo entre equipe gestora, secretaria, docentes, funcionários da portaria, da limpeza, da biblioteca sem os quais os estudantes não teriam condições de se avançarem em sua formação”, finalizou.


Curta! Compartilhe!

Deixe sua opinião